Esbrilhos

Encandeiam-me, parece que vêm contra mim, tento desviar-me, mas apenas sigo na mesma direcção, a que tinha, e passam-me ao lado, parecem-me cada vez mais depressa…
À minha frente não vejo nada, apenas duas luzes vermelhas de que tento manter a distância, e muita neblina levantada por aqueles enormes peneus, que percorrem o mesmo troço que eu… preferia ultrapassa-lo, mas a esta hora, com esta chuva e este sono… aguento-me… tento mais uma vez…
Encandeiam-me… sou eu que vou contra eles, eles tentam desviar-se, eu volto à mesma direcção, passam-me ao lado, parece-me que tudo se passa cada vez mais depressa…
Tenho pressa de chegar, mas acho que não vou chegar tão depressa… a noite vai longa e a mim parece-me ainda mais longa…

CD

Uma resposta to “Esbrilhos”

  1. Marta Says:

    Este parece quase uma premonição…
    Tb tinha pressa… e também cheguei tarde!

    Beijo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: