Abalada

“Não Existes” digo a mim mesmo, mas não consigo de deixar de sentir o teu olhar em mim, como se me dissesses saber que é a ultima vez que estamos juntos, que nos vemos… passámos bons momentos juntos, mas eu preciso de viver, de ter os meus dias, recordar o sol.
“Esquece-me” digo como quem tenta ouvir nas palavras que diz, sei que passámos bons momentos, que nunca me traiste e eu nunce te trai a ti, dissemos ter sido feitos um para o outro, mas na nossa entrega perdemo-nos, eu pelo menos sinto que quero algo, talvez apenas algo mais, ou talvez apenas algo diferente.
“Acredita em mim” quando te digo que vai ser melhor assim, nada mais temos para partilhar, juntos tivemos uma boa vida, partilhámos muito, julgo que partilhámos tudo o que tinhamos a partilhar, os meus dedos estão doridos de te tocar… e isso afectou-me a alma.
“Adeus” e até sempre, um pedaço de ti estará sempre comigo, e sei que ao deixar-te deixo um pedaço de mim… espero que sim, sabes que temos de mudar…
“Um ultimo abraço!?”, pedes-me tu à laia de despedida… abraço-te… e não te consigo mais deixar, vamos ter de nos adaptar, vamos ter de mudar… afago-te as costas e vem-me à memória os momentos que passámos juntos…
Sei que tenho de mudar e vou mudar, vou ter de aprender coisas novas e tu vais ter de me acompanhar, mas se as coisas correrem mal, sei que estarás lá para mim.
Passo-te as mãos pelo corpo e revelas uma melodia que não te conhecia, os dedos doridos não me doiem, acompanho-te e divertimo-nos, não é uma despedida, é um novo começo…

Meto-te no saco e despeço-me… apenas desta casa velha…

CD

(Eu sei que a musica provavelmente não tem nada a haver, mas apetecia-me ouvi-la, e como me lembrei dela enquanto escrevia isto…)😛

4 Respostas to “Abalada”

  1. Marta Says:

    Não percebi!
    Mas deve ser porque estou lenta… muito lenta!
    Afinal vais embora, metes a viola no saco, ou ficas???

    beijo!

  2. cdesag Says:

    A criatura era um boémio, com o figado a dizer que se ia embora, que tinha resolvido mudar de vida, isso significava deixar para trás a sua “companheira” dessa vida… a viola… pensava ele, mas “pensando” bem ele percebeu que não tinha de a deixar, tinha sido ele que nunca tinha tentado “tocar” outras melodias.
    Eu também ando lento, só vejo css’s por todo o lado, até já sonho com esta porcaria… mas em principio, hoje fica arrumado😉

  3. cdesag Says:

    Faltou um promenor essencial,

    BEIJO

  4. fontez Says:

    interessante som…
    pra quem n sabe tocar…ta bom…!🙂

    abraço migaço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: